Envie seu whats:
(54) 99673-0977


NOTÍCIAS

Fepam divulga primeiro relatório de balneabilidade no RSFepam divulga primeiro relatório de balneabilidade no RS

Publicado em 17/12/2018, Por GaúchaZH

As praias do Litoral Norte e do Litoral Sul estão livres para banho, aponta o primeiro relatório de balneabilidade divulgado pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para a temporada 2018/2019. Dos 94 pontos monitorados pela entidade em parceria com a Corsan e com o Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas (Sanep) em 44 municípios, apenas 12 estão impróprios para banho.

Seis deles ficam na Praia do Laranjal, em Pelotas, na região da Lagoa dos Patos. São eles: Pontal da Barra, Valverde, Trapiche, Santo Antônio Rua Bagé e Restaurante, Balneário dos Prazeres e Colônia Z-3. Os demais são: Balneário Distrito de Ernesto Alves, em Santiago; Balneário Nova Palma, em Nova Palma; Praia Nova, em Cachoeira do Sul; Balneário de Mata, em Mata, e Praia Carlos Larger, em Candelária, todos na região central do Estado.

O coordenador do projeto, André Milanez, avalia esse primeiro resultado com otimismo.

—  De modo geral, são números muito bons. Essa é a primeira parcial da edição 2018-2019, mas vamos ficar atentos a esses pontos da Praia do Laranjal, ao longo do verão, assim conseguiremos fazer uma avaliação melhor da situação. Mas, provavelmente, deve haver nesse lugar em específico lançamento de esgoto — diz Milanez.

A Fepam vai analisar a qualidade das águas ao longo de 16 semanas, até 1º de março de 2019, no Litoral Norte, Médio, Sul, na Lagoa dos Patos e nas regiões hidrográficas do Guaíba e do Uruguai. Os resultados de cada levantamento serão divulgados às sextas-feiras pela manhã e poderão ser consultados pelo site e pelo web aplicativo, que também disponibiliza as condições de segurança para banho, a velocidade do vento onde é realizada a balneabilidade e a previsão do tempo. Além de conceder os dados online, a Fepam manterá a população informada por meio das tradicionais placas de alerta nos locais que não estiverem apropriados para banho. 

São considerados pontos impróprios aqueles em que os resultados de uma ou mais das últimas cinco amostras coletadas no mesmo local constatar mais de mil coliformes termotolerantes ou mais de 800 Escherichia coli (tipo de bactéria que pode causar gastroenterite ou infecção urinária) por 100 ml. A indicação também é negativa quando o valor obtido na última amostra for superior a 2,5 mil coliformes termotolerantes ou 2 mil Escherichia coli por 100 ml.

O primeiro relatório da Fepam, que monitora 44 municípios, apontou 82 pontos próprios para banho e 12 impróprios.

Foto: Nauro Júnior / Agencia RBS    




Compartilhar: FACEBOOK

Podcasts

Ver + ENTREVISTA Dia do Homem - Dr. José David Kartabil
Programa Passa a Bola Programa dia 13 de Julho
ENTREVISTA JCI Sananduva