Envie seu whats:
(54) 99673-0977


ESPORTES

Inter perde de 1 a 0 para o Fluminense no Brasileiro e continua fora da zona de classificao para a LibertadoresInter perde de 1 a 0 para o Fluminense no Brasileiro e continua fora da zona de classificao para a Libertadores

Compartilhe:
Publicado em 25/11/2021, Por O Sul

O Inter voltou a tropeçar Campeonato Brasileiro, ao perder de 1 a 0 para o Fluminense na noite desta quarta-feira (24), em jogo fora de casa pela 35ª rodada. Com esse placar, o Colorado permanece em oitavo lugar (47 pontos) e tem agora mais três partidas até o fim do torneio para tentar o ingresso no G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores da América.

Disputado diante de 18,6 mil torcedores no estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, o duelo teve o único gol da partida marcado de pênalti pelo Tricolor carioca com apenas 3 minutos de bola rolando. Já nos momentos finais, o Inter  ainda teve expulso o zagueiro Paulo Victor, após falta dura sobre atleta adversário na lateral do campo.

A situação colorada na tabela ainda pode piores na noite desta quinta-feira (25), caso o Ceará (com apenas um ponto a menos) obtiver um resultado positivo contra o Corinthians (quarto colocado). O apito inicial será dado às 20h, em Fortaleza (CE).

Para buscar uma vaga no certame continental, o Inter tem os seguintes compromissos nesta reta final de Brasileirão: Santos (no estádio Beira-Rio, domingo que vem), Atlético Goianiense (novamente em casa, uma semana depois) e, por fim, Bragantino (em São Paulo, no dia 9 de dezembro).

Resumo do jogo

Os donos da casa abriram o placar logo no início da partida. O veterano atacante Fred (38 anos) lançou a bola e o zagueiro visitante Bruno Méndez acabou cometendo toque de mão dentro da área, com pouco mais de 1 minuto de jogo. Pênalti. Quem pegou a bola foi o próprio Fred, marcando o gol aos 3 minutos.

Com essa vantagem tão cedo, o Fluminense apostou na estratégia de se fechar atrás e aceitar a pressão do Inter, que tentava o empate em contra-ataques sem conseguir igualdade no placar.

Aos 8 minutos, o volante colorado Patrick quase conseguiu, ao pegar uma sobra da defesa e chutar da entrada da área, mas a bola raspou a trave. Aos 23, o capitão e também volante Edenilson cobrou escanteio para o cabeceio do zagueiro Victor Cuesta, exigindo grande defesa do arqueiro anfitrião.

Enquanto isso, o time carioca só assustava nos contra-ataques. Aos 31 minutos, o atacante Luiz Henrique infernizou a defesa colorada e chutou cruzado, mas Fred não alcançou e a bola saiu pela linha-de-fundo.

No último lance de perigo do Tricolor antes do intervalo, Caio Paulista invadiu a área do Inter em jogada individual e chutou sobre o gol. Em seguida, o zagueiro colorado Mercado chutou e a zaga evitou o gol de empate.

O início do segundo tempo não foi muito diferente, com o Inter pressionando sem maior efetividade durante a maior parte do tempo e o Fluminense investindo em jogadas de bola parada e contra-ataques. Aos 5 minutos, Marlon cobrou falta para os cariocas e David Braz cabeceou, mas para fora.

Intensificando a pressão, o Inter conseguiu levar perigo ao adversário aos 18 minutos, com o meia Mauricio chutando de fora da área uma bola que acabou saindo à direita da goleira. Cerca de 3 minutos, o atacante colorado Matheus Cadorini aproveitou sobra na área mas também chutou para fora.

O Fluminense quase chegou aos 2 a 0 quando o cronômetro marcava 34 minutos: Caio Paulista foi lançado pela esquerda, cruzou e Arias tocou para fora.

Quando o jogo já estava nos descontos e os dois times se revezavam nos erros de passe, o confronto passou a incluir lances de “stress” entre os oponentes. Aos 50 minutos, o zagueiro colorado Paulo Victor acabou levando o cartão vermelho por uma entrada violenta.

Ficha técnica

– Fluminense: Marcos Felipe, Samuel Xavier, David Braz, Luccas Claro, Marlon, Wellington, Calegari (Manoel), Yago Felipe; Luiz Henrique (Arias), Caio Paulista (Lucca) e Fred (Bodadilla). Técnico: Marcão.

– Inter: Marcelo Lomba, Saravia, Bruno Méndez (Mauricio), Victor Cuesta, Moisés (Heitor), Rodrigo Dourado (Paulo Victor), Mercado, Edenilson, Taison, Patrick (Mateus Cadorini) e Palacios (Gustavo Maia). Técnico: Diego Aguirre.

– Arbitragem: trio de Minas Gerais, formado por Felipe Fernandes de Lima e os bandeirinhas Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira. No VAR, o conterrâneo Emerson de Almeida Ferreira.

(FOTO: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C)





Podcasts

Ver + ENTREVISTA Dr. Jos Davi Kartabil | Novembro Azul
ENTREVISTA Suzana Navarini | Setor Epidemiolgico
ENTREVISTA Boletim | Sicredi Altos da Serra