Envie seu whats:
(54) 99673-0977


ESPORTES

Grêmio empata nos acréscimos com o Santos e decide a vaga na Vila BelmiroGrêmio empata nos acréscimos com o Santos e decide a vaga na Vila Belmiro

Compartilhe:
Publicado em 10/12/2020, Por Jornal do Comércio

O bom futebol desempenhado nas últimas partidas não apareceu nesta quarta-feira (9), na Arena. Pelo duelo de ida das quartas de final da Libertadores da América, o Grêmio sentiu a falta de Jean Pyerre, que nem no banco ficou, saiu atrás do placar e só foi conseguir o empate nos acréscimos do segundo tempo, em um pênalti marcado com a ajuda do árbitro de vídeo. O empate em 1 a 1 com o Santos força o Tricolor a marcar na Vila Belmiro, na próxima semana. O empate sem gols classifica o Peixe. Qualquer vitória simples coloca o Grêmio na semifinal da competição.

O primeiro tempo na Arena foi de domínio dos visitantes. O Grêmio não se encontrou em campo e conseguiu apenas um arremate a gol. Logo aos três minutos: Pinares cruzou forte de esquerda e Kannemann cabeceou por cima do gol de John Victor. Prova do péssimo primeiro tempo e do nervosismo gremista é que nos primeiros dez minutos, Matheus Henrique e Maicon receberam o cartão amarelo.

O Santos aproveitou esta instabilidade dos donos da casa e passou a apostar nos contra-ataques, mas sem chegadas efetivas. E o pior aconteceu aos 35 minutos, quando o Peixe abriu o marcador. Pará cruzou da direita, Vanderlei saiu de forma atabalhoada, Felipe Jonatan cabeceou na sobra, na entrada da área, e Kaio Jorge apareceu no meio do caminho para desviar para o fundo das redes.

Aos 39 minutos, Diego Pituca e Pinares disputaram a bola no meio-campo e o árbitro Guillermo Guerrero expulsou o meia gremista. Após a indignação do time e do banco tricolor, o VAR acionou o juiz equatoriano, ele reviu o lance, cancelou a expulsão e ainda amarelou o jogador santista.

O Grêmio voltou para a etapa final com David Braz no lugar de Kannemann que sentiu o ritmo da partida, já que não atuava há nove jogos. Os primeiros minutos foram novamente ddos paulistas. Marinho e Jobson desperdiçaram, chutando para fora. Já Lucas Braga finalizou e Vanderlei, sem confiança, tirou a bola soqueando para o meio da área.

As investidas mais perigosas dos donos da casa saíram na bola parada. Aos 20 minutos, David Braz cobrou falta de longe. O zagueiro bateu colocado e John saltou para espalmar para a linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Diego Souza subiu mais alto e cabeceou para nova defesa do goleiro santista.

A reposta dos Meninos da Vila veio dois minutos depois: Diego Pituca chutou de fora da área e Vanderlei espalmou mais uma vez para o meio. A zaga falhou e Kaio Jorge pegou a sobra e chutou para fora, perdendo ótima oportunidade.

Sem o menor poder criativo no meio-campo, Portaluppi empilhou atacantes que nada resolveram. Só que nos acréscimos, o Grêmio achou um pênalti. Ferreirinha cruzou da direita e a bola explodiu na marcação. O VAR chamou o juiz mais uma vez e, após seis minutos e muita reclamação, a penalidade foi marcada. Diego Souza cobrou e deixou o time vivo na briga por uma vaga na semifinal do torneio continental.

Escalação

Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz (Churín), Geromel, Kannemann (David Braz) e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Maicon (Darlan); Luiz Fernando (Ferreira), Pinares (Éverton) e Pepê; Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi.

Santos: John; Pará (Jean Mota), Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Sandry (Vinícius Balieiro), Jobson (Alisson) e Diego Pituca; Marinho (Bruninho), Kaio Jorge (Madson) e Lucas Braga. Técnico: Cuca.

Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU).

(FOTO: LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA)

 





Podcasts

Ver + Programa Passa a Bola Programa dia 16 de Janeiro
Programa Taliani Bona Gente Programa dia 16 de Janeiro
ENTREVISTA Leomar Foscarini | Prefeito Municipal de Sananduva