Envie seu whats:
(54) 99673-0977

NOTÍCIAS

Assembleia Legislativa aprova projeto que libera venda de bebidas alcoólicas em estádios do RSAssembleia Legislativa aprova projeto que libera venda de bebidas alcoólicas em estádios do RS

Publicado em 19/12/2018, Por GaúchaZH

A Assembleia Legislativa aprovou, por 25 votos a 13, nesta terça-feira (18), o projeto de lei que flexibiliza o consumo e a venda de bebidas alcoólicas dentro dos estádios do Rio Grande do Sul. Pelo texto, de autoria dos deputados do PDT Gilmar Sossela e Ciro Simoni, a comercialização fica liberada até o intervalo dos jogos e depois das partidas.

A venda e o consumo de bebidas alcoólicas dentro dos estádios estão proibidos no Estado desde 1º de abril de 2008. Na época, a proibição foi motivada para tentar reduzir a violência em jogos de futebol.

— Para mim, a redução da violência nos estádios foi motivada pelo grande trabalho realizado pelo Ministério Público, Judiciário e pelos clubes. A implantação de reconhecimento facial, câmeras de segurança, entre outras iniciativas, inibiram atos violentos. Em relação à bebida nos estádios, os caras hoje bebem muito mais antes de entrar nos jogos — sustenta o deputado Ciro Simoni.

Segundo o deputado, o projeto é semelhante ao de outros estados.

— Em Santa Catarina, por exemplo, a venda e o consumo de bebidas alcoólicas são permitidos até o intervalo dos jogos também — concluiu o parlamentar.

A partir da publicação no Diário Oficial, o governador terá 15 dias para sancionar ou vetar a matéria. Caso isso não ocorra, o presidente da Assembleia Legislativa poderá promulgar o texto. Os 15 dias terminam em 2 de janeiro. Caso o governador José Ivo Sartori (MDB) não se posicione, ficará para Eduardo Leite (PSDB) decidir ou deixar para o legislativo promulgar.

 

Área do CT Luiz Carvalho é do Grêmio

Outra matéria ligada ao esporte aprovada na última sessão do ano da Assembleia foi a chamada doação, com encargos, pelo Estado ao Grêmio do terreno onde foi construído o Centro de Treinamento Luiz Carvalho, nas proximidades da Arena, onde os jogadores do Tricolor treinam. Em troca, o clube terá de pagar 24 parcelas de R$ 15 mil ao Estado e reformar e ampliar três escolas públicas dos bairros da região

 

Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS            




Compartilhar: FACEBOOK

Podcasts

ENTREVISTA Grupo de Mães de Sananduva
RETROSPECTIVA 2018 Instituto AEIOU
RETROSPECTIVA 2018 Deputado Paparico Bachi e Juíza Daniela Zorzi